Whatsapp

Viva Melhor


   




Panfletagem marca Dia Nacional de Mobilização e Paralisações em Parintins



Data: 10/08/2018

Docentes do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ), unidade acadêmica da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), em Parintins, promoveram no início da tarde desta sexta-feira (10), Dia Nacional de Mobilização e Paralisações, uma panfletagem em protesto aos ataques orquestrados pelo governo federal contra o emprego, a aposentadoria e os direitos trabalhistas. A atividade, destinada a convocar a comunidade acadêmica a somar forças e dizer basta à tentativa de acabar com os serviços públicos faz parte da mobilização nacional organizada pelas centrais sindicais com atividades em diversos estados, ao longo do dia de hoje, “Dia do Basta”.

Considerada um passo importante e ainda inicial das mobilizações previstas para este semestre, segundo o docente da unidade e sindicalizado a ADUA, Lucas Milhomens, a ação na unidade acadêmica ocorre num momento de impactos nefastos trazidos pelas medidas governamentais aprovadas, no último ano, entre elas a Emenda Constitucional nº 95, que congela por 20 anos os investimentos em Educação.

“Um exemplo concreto disso é a diminuição da assistência estudantil para todos os discentes da Ufam. E que consequentemente contribui para que os estudantes percam bolsas, não tenham moradia, nem acesso ao restaurante universitário. Tudo isso acontecendo de forma muito rápida, por conta de um governo que deu um golpe jurídico, institucional e econômico e que permitiu que os interesses das classes dominantes deste país se acelerassem para a destruição de direitos dos trabalhadores. Este dia de mobilização é importante, mas um passo inicial para várias mobilizações que devem acontecer nos próximos meses”, afirmou.

Milhomens destaca ainda que os impactos das medidas governamentais são ainda mais avassaladores nos campi fora da sede da Ufam, uma vez que docentes, discentes e técnico-administrativos já enfrentam, nos municípios do interior do Amazonas, obstáculos relacionados a deslocamento, comunicação e investimento. Realidade que demanda uma mobilização ainda mais efetiva desses atores para barrar os retrocessos e pressionar a gestão superior a cumprir o básico, ou seja, uma universidade pública, gratuita e de qualidade.

Docente do curso de Educação Física, no ICSEZ, Marcelo Radichi chamou a atenção, em fala proferida durante na atividade, para a importância da participação da comunidade acadêmica nas mobilizações e no debate político, apesar da fragilização atual da democracia. “Esse governo golpista que temos agora está saindo, causou muitos prejuízos, mas os estragos podem ser ainda piores se a juventude se desligar da politização”, avaliou.

Capital

Em Manaus, numa ação conjunta, sindicalizados (as) da ADUA e do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior do Estado do Amazonas (Sintesam) participaram, na manhã de hoje (10), de um ato pelo “Dia do Basta: Dia Nacional de Mobilização e Paralisações”. Os docentes e Técnicos Administrativos em Educação (TAEs) da Ufam panfletaram e discursaram no Bosque da Resistência, em frente ao campus universitário.

Às 15h, na praça Heliodoro Balbi (Praça da Polícia), no centro de Manaus, os sindicalizados e sindicalizadas da ADUA em conjunto com movimentos sociais e populares e entidades ligadas a CUT, CTB, Força Sindical e CSP-Conlutas voltam às ruas para uma grande mobilização em defesa do emprego, da aposentadoria e dos direitos trabalhistas.

Fonte: ADUA
 


Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL