Whatsapp

Viva Melhor


   




Docentes participam de ato em apoio à causa na indígena em Belém



Data: 01/02/2019

Os professores e professoras participantes do 38° Congresso do ANDES-SN estiveram, na tarde desta quinta-feira (31), no ato político-cultural em apoio à causa na indígena, ocorrido em Belém (PA). A passeata, iniciada na Praça da República, criticou o desmonte da Fundação Nacional do Índio (Funai) e a transferência das atribuições de demarcação das terras indígenas para o Ministério da Agricultura. Essas foram algumas medidas anunciadas pelo presidente da república Jair Bolsonaro (PSL) em seu primeiro mês de governo.

A Mobilização Nacional Indígena contra os ataques do governo Bolsonaro foi promovida pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib). Os protestos ocorreram em 27 cidades brasileiras e fazem parte da Campanha “Sangue Indígena, nenhuma gota a mais!”. Também estão previstas manifestações na Inglaterra, Estados Unidos, Portugal, Irlanda, Suíça e Canadá.

Os manifestantes reivindicaram a proteção dos direitos indígenas previstos na Constituição Federal e a demarcação das terras indígenas. Outra reivindicação foi a garantia dos direitos humanos e o combate à violência contra indígenas. Os organizadores da manifestação também exigiram o reconhecimento dos povos originários e de sua cultura ancestral. A não transferência da Funai para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos também foi mais uma reivindicação dos manifestantes.

Fonte: ADUA-SSind. com informações do ANDES-SN


Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL