Whatsapp

Viva Melhor


   




Diretoria do ANDES-SN repudia seletividade da Justiça em relação a Lula



Data: 01/02/2019

A diretoria do ANDES-SN divulgou uma nota, nesta quinta-feira (31), repudiando, mais uma vez, o tratamento seletivo da justiça, dispensado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba negou o pedido do ex-presidente de comparecer ao velório e enterro de seu irmão, Genival Inácio da Silva, o Vavá.

Após recurso ao Supremo Tribunal Federal, o ministro Dias Toffoli autorizou a saída, mas não em tempo para que Lula pudesse acompanhar o sepultamento do irmão.

Em nota, a diretoria do Sindicato Nacional aponta que a justiça desrespeitou o previsto no Artigo 120 da Lei de Execuções Penais. “A tardia decisão liberou o corpo e não o ex-presidente para o velório em uma unidade militar, negando ao Lula os princípios mínimos da dignidade humana. Externamos nossa solidariedade e condolências aos familiares e amigo(a)s do falecido”, conclui a nota.

Confira a nota na íntegra

Nota da Diretoria do ANDES-SN sobre o impedimento feito pela justiça ao ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva de participar do velório e enterro do seu irmão, Genival Inácio da Silva.

A Diretoria do ANDES-SN repudia, mais uma vez, a decisão seletiva da justiça, que, desrespeitando o previsto no Artigo 120 da Lei de Execuções Penais, impediu o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva de participar do velório e enterro do seu irmão, Genival Inácio da Silva, conhecido como Vavá, em São Bernardo do Campo (SP).

 A tardia decisão liberou o corpo e não o ex-presidente para o velório em uma unidade militar, negando ao Lula os princípios mínimos da dignidade humana.

Externamos nossa solidariedade e condolências aos familiares e amigo(a)s do falecido.






Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL