Whatsapp

Viva Melhor


   




Nota da ADUA em solidariedade a integrantes da comunidade universitária agredidos nas redes sociais



NOTA DE SOLIDARIEDADE

Data: 25/03/2019

A Seção Sindical dos Docentes da Universidade Federal do Amazonas (ADUA-SSind), do ANDES-SN, vem a público a manifestar solidariedade aos integrantes da comunidade universitária que vêm sendo brutalmente agredidos pelas redes sociais em razão do exercício da liberdade de pensamento, expressão e de ensino, estabelecidos na Constituição Federal de 1988.

Ações de violência como essa que a cada dia têm se tornado mais corriqueiras e demonstram ódio a professores, professoras, servidores públicos, servidoras públicas, mulheres, negros, negras e LBGTs são veementemente repudiadas pela ADUA. Conclamamos os professores e professoras a denunciar toda e qualquer ameaça, agressão, censura e assédio. O enfrentamento do discurso de ódio contra os e as docentes da UFAM deve ser realizado de forma incisiva e unificada.

O ataque a professores, professoras e discentes é um ataque a toda a comunidade universitária e fere os direitos estabelecidos constitucionalmente. Portanto, é necessário que todos os colegiados da gestão democrática da UFAM se manifestem contra estas atitudes violentas e bárbaras para resistirmos aos ataques e reivindicarmos, mais uma vez, os direitos constitucionais.

Registramos nossa solidariedade ao professor Leonard Christy Souza Costa e à discente Cris Guimarães Cirino da Silva, do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFAM, e afirmamos que esse e todos os outros casos de agressão e todas as tentativa de cerceamento da liberdade de expressão de professores e professoras serão combatidos pela ADUA.

Não ao pensamento único!
Não ao discurso de ódio!
Por uma universidade pública, gratuita, de qualidade e socialmente referenciada

A Diretoria da ADUA-SSind.


Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL