Whatsapp

Viva Melhor


   




MPF ajuíza ação contra ministro por danos morais contra estudantes e professores



Data: 30/05/2019


O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF-RN) ajuizou ação civil pública contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub, exigindo pagamento de R$ 5 milhões por danos morais coletivos a alunos e professores de instituições federais de ensino.

Segundo o MPF-RN, as declarações do ministro - que sugeriu cortar verbas das universidades que faziam "balbúrdia" - ofendem a honra tanto dos estudantes quanto dos docentes dessas instituições.

Os procuradores citam que Weintraub manchou a imagem das instituições de ensino superior brasileiras quando, na condição de ministro da Educação do país, deveria fazer o contrário.

Além da fala sobre a "balbúrdia", a petição dá outro exemplo: ao ser questionado sobre como ficariam os serviços de limpeza nas universidades diante do contingenciamento, Weintraub ironizou que a atividade poderia passar a ser desempenhada pelos centros acadêmicos ou diretórios estudantis das instituições.

"Tais inconstitucionalidades demonstram a falta de zelo e cunho ideológico da administração federal, a qual, amparada por mentores como Olavo de Carvalho, busca restringir ao máximo o ambiente acadêmico público", diz o MPF.

Foto: Sérgio Lima/Poder360

Fonte: Valor Econômico


Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL