Whatsapp

Viva Melhor


   




CNPq deve suspender 84 mil bolsas de pesquisadores



Data: 19/08/2019

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) suspendeu no último dia 15 a indicação de bolsistas por falta de recursos. Segundo nota divulgada pelo Conselho, houve a sinalização de que "não haverá a recomposição integral do orçamento de 2019”. Devido aos constantes ataques do governo Bolsonaro à educação, cerca de 84 mil pesquisadores serão prejudicados.

Bolsas vinculadas a projetos ou instituições que ainda não foram destinadas aos estudantes estarão bloqueadas no sistema do CNPq.  Além disso, o mesmo ocorrerá com as bolsas que ficarem disponíveis mesmo após o bolsista concluir o curso, ou seja, os professores não poderão indicar novos estudantes para ocupar as vagas disponíveis.

Ainda de acordo com a nota divulgada, a instituição reforçará o compromisso com a pesquisa científica,  “continuamos nosso esforço de buscar a melhor solução possível para este cenário, [...] a nação não pode perder este patrimônio construído ao longo de décadas pelo esforço conjunto de cientistas e da sociedade brasileira”.

O ANDES-SN também se manifestou sobre essa situação, através de nota publicada,  Raquel Dias, 1º tesoureira do ANDES falou sobre a reprovação do sindicato sobre o ocorrido, “várias universidades e institutos federais já vêm sinalizando que não terão como dar continuidade ao semestre. A suspensão de bolsas do CNPq é um mais um resultado já esperado da política de cortes imposta pelo governo federal e isso trará um enorme prejuízo para a produção acadêmica e científica no Brasil”, explicou.

Fonte: ANDES-SN com edição da ADUA-SSind.



Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL