Whatsapp

Viva Melhor


   




Docentes da Ufam discutem greve por tempo indeterminado em Assembleia



Data: 20/08/2019

Frente aos inúmeros ataques de Jair Bolsonaro à Educação e aos direitos sociais do povo brasileiro, o indicativo de greve por tempo indeterminado será discutido em Assembleia Descentralizada dos docentes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). O encontro irá ocorrer nesta quinta-feira (22), às 9h, no auditório da Seção Sindical dos Docentes da Universidade Federal do Amazonas (ADUA), no campus universitário, em Manaus.

Cortes no orçamento das universidades federais e nas bolsas de pesquisa; tentativa de mercantilização do ensino superior público com o projeto “Future-se” e fim da Previdência Social e da aposentadoria digna com a contrarreforma da previdência. Essas são algumas das muitas medidas tomadas pelo governo de extrema-direita que terá impacto drástico na educação brasileira e na vida dos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros. Por isso, os professores e professoras da Ufam irão se reunir para debater um indicativo de greve contra todos esses e muitos outros abusos do governo Bolsonaro.


Unidades fora da sede

Além de Manaus, o tema será debatido em Assembleia nesta quarta-feira (21), às 9h, na sala de reuniões do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ), no campus de Parintins, e no mesmo dia, às 18h, no Auditório Castanheiras no Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente (IEAA). As demais unidades fora da sede da Ufam em Coari, Benjamin Constant e Itacoatiara, irão informar as datas das assembleias em breve.


Além do indicativo de greve por tempo indeterminado, a categoria irá escolher durante a assembleia os/as delegados/as que irão representar a ADUA no 4º Congresso da CSP-Conlutas.

Fonte: ADUA-SSind


Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL