Whatsapp

Viva Melhor


   




Estudantes e docentes realizam manifestação contra interventor do MEC no Cefet-RJ



Data: 20/08/2019

A comunidade acadêmica do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ) realizou uma manifestação, na manhã de segunda-feira (19), contra a entrada do interventor do Ministério da Educação (MEC), Maurício Aires Vieira, na cadeira da direção geral da instituição de ensino. Na última sexta (16), um decreto deferiu uma intervenção temporária até a conclusão da análise do processo eleitoral administrativo realizado no ano passado.

Para a escolha do posto, houve um processo democrático de consulta interna que contou com três candidato(a)s. O resultado dessa consulta foi equilibrado, sendo que cada candidato(a) recebeu, aproximadamente, um terço dos votos. Entretanto, um dos candidato(a)s derrotado(a)s, ao questionar a legitimidade do processo, que foi referendado e mantido pelo Conselho Superior, abriu margem para a intervenção do MEC no Cefet-RJ.

Em nota, o ANDES-SN e o Sinasefe repudiaram, veementemente, a intervenção do MEC na designação da direção-geral do Cefet-RJ. "Tal intervenção soma-se às outras ocorridas em algumas universidades no Brasil, desde o inicio desse ano, materializando o conjunto de ataques sobre a educação pública superior federal brasileira e violando os princípios de autonomia e democracia das Universidades, dos Institutos Federais e Cefet. Exigimos a nomeação imediata do candidato eleito na consulta pública pela comunidade acadêmica do Cefet-RJ. Repudiamos e denunciamos o autoritarismo e a inconstitucionalidade que se expressam no decreto nº 4.877/03 que fere a autonomia das instituições de ensino".

Fonte: ADUA-SSind. com informações do ANDES-SN




Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL