Whatsapp

Viva Melhor


   




UFRJ suspende serviços devido ao corte no orçamento



Data: 10/09/2019


A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é mais uma das instituições federais de ensino afetadas pelo corte drástico nos orçamentos feito pelo governo Bolsonaro. Em reportagem, o portal G1 destaca que "dos R$ 3,2 bilhões contingenciados do ensino superior no Brasil, R$ 112 milhões foram tirados da UFRJ, que deu início a um plano de ajuste com várias medidas". Segundo a reitoria, se o governo não liberar os recursos, porque o dinheiro destinado à manutenção do campus acabou.

O portal acrescenta que entre essas medidas estão "a suspensão dos serviços de celular para quem ocupa cargos de representação; de passagens internacionais e diárias nacionais na graduação; da manutenção externa e jardinagem; e o racionamento do uso de veículos".

“Se você corta aquilo que faz o Brasil crescer, como é que você quer um país melhor?”, pergunta uma estudante. “É dramático o que está ocorrendo”, diz, por sua vez, uma professora.

Os cortes avançam em todas as dimensões do funcionamento da Universidade, a maior do país com 67 mil alunos e quatro mil professores. A reportagem afirma que desde esta segunda-feira (9), dos 150 carros oficiais da UFRJ, apenas um terço está funcionando. A prioridade é manter serviços essenciais como as ambulâncias dos nove hospitais universitários e o transporte para as pesquisas de campo. Até o Hospital da UFRJ corre o risco de parar ainda neste mês.

Fontes: G1 e Brasil 247


Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL