Whatsapp

Viva Melhor


   




Consuni da UFU rejeita o “Future-se”



Data: 17/09/2019

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) rejeitou o programa “Future-se” após reunião extraordinária do Conselho Universitário (Consuni) no último dia 13. O programa do Ministério da Educação (MEC) fere a autonomia universitária e busca mercantilizar o ensino superior público.

 
“Existem várias indefinições no projeto, existem também alguns pontos que precisam de melhor esclarecimento. A universidade se mantém aberta ao diálogo construtivo para que a gente possa ter uma proposta que contemple o plano nacional de educação e as preocupações da universidade para o futuro”, disso o reitor Valder Steffen.

Na reunião estiveram presentes professores/as, técnicos/as-administrativos/as e estudantes. A adesão ao programa foi rejeitada pelo Consuni por 114 votos contrários e dois favoráveis. Outras universidades também rejeitaram o programa como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), de Roraima (UFRR), do Rio de Janeiro (UFRJ), de Minas Gerais (UFMG) e do Amapá (Unifap). Mais de 40 universidades e institutos federais divulgaram, até agora, manifestações com críticas ao "Future-se".

Fonte: ADUA-SSind. com informações do Diário de Uberlândia


Galeria de Fotos
 




energia solar manaus

Manaus/Amazonas

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:


aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL