Links Úteis
 
 
 
 
 
 
Notícias
18/10/2017
ADUA sedia evento gratuito ‘150 anos de O Capital: desafios de um mundo em crise’

Obra fundamental para o pensamento contemporâneo, ‘O Capital’, de Karl Marx, completa 150 anos de publicação neste ano. Em comemoração à data, o Grupo de Estudos de Marx e O Capital (Gemac), da Ufam, realiza o debate “150 anos de O Capital: desafios de um mundo em crise" sobre o livro nos dias 18, 19 e 20 de outubro, no auditório da ADUA. Entre os palestrantes convi-dados está o professor da Universidade de São Paulo (USP), Jorge Grespan.

18/10/2017
Temer altera código penal para mascarar trabalho escravo no Brasil

Sob o pretexto de regular o pagamento do seguro-desemprego a trabalhadores resgatados de condições análogas à escravidão e possibilitar a atualização da Lista Suja – que traz o nome de empresas e empresários autuados por manter trabalhadores em situação de extrema exploração –, o Ministério do Trabalho publicou no dia 16, no Diário Oficial da União (DOU), a Portaria nº 1.129/2017, assinada pelo ministro Ronaldo Nogueira.

17/10/2017
Defesa da Educação Pública mobiliza entidades nesta quinta-feira

Professores, estudantes, técnicos e terceirizados da área de Educação, além de participantes de movimentos sociais, sindicais e populares, irão realizar manifestações pelo país, nesta quinta-feira (19 de outubro), no Dia Nacional em Defesa da Educação Pública.

16/10/2017
Magistrados aprovam teses contrárias à aplicação da Reforma Trabalhista

A chamada Reforma Trabalhista é ilegítima tanto no sentido formal quanto material, além de ser incompatível com as convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Esta foi uma das teses aprovadas pelo plenário da 2ª Jornada de Direito Material e Processual do Trabalho, evento realizado pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) em conjunto com outras entidades, na última semana.

16/10/2017
Comissão da Verdade entra na pauta do GT História do Movimento Docente dia 4 de novembro

Em atenção à deliberação congressual, o Grupo de Trabalho História do Movimento Docente (GTHMD) reúne dia 4 de novembro na sede do ANDES-SN, em Brasília (DF) e coloca em pauta as demandas relacionadas à Comissão da Verdade, trabalho a que o Sindicato Nacional vem dedicando esforço por meio de uma série de atividades.

16/10/2017
Resolução do ANDES-SN de reorganização da classe é aprovada em Congresso da CSP-Conlutas

Foi aprovada no 3º Congresso da Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas) a proposta do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN) de participação das organizações ligadas à Central em uma reunião para reorganização da classe trabalhadora. Realizado de 12 a 15 de outubro, em Sumaré (SP), o congresso reuniu mais de 2,3 mil pessoas de todos os Estados do Brasil.

16/10/2017
Datas de 19 de outubro e 10 de novembro são destaques em Plano de Ação da CSP-Conlutas

As datas de 19 de outubro e 10 de novembro Dia Nacional em Defesa da Educação Pública e Dia Nacional de Lutas, Mobilizações e Paralisações estão no Plano de Ação da Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas). O calendário de lutas da entidade foi aprovado durante o 3º Congresso da Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas), realizado de 12 a 15 de outubro, em Sumaré (SP).

14/10/2017
Comunicações alternativa e sindical lutam para furar bolha hegemônica

Não são poucos os desafios da comunicação alternativa brasileira para furar a bolha da mídia hegemônica. As desvantagens vão desde aspectos financeiros, espaço de evidência até o uso antiético das mídias sociais. A internet tem lugar central neste cenário, não aos moldes do redentorismo democrático, mas como estreita tábua de salvação no turbulento mar da comunicação reacionária impulsionada em tempos de golpe. Neste front, imprensas sindical e alternativa são aliadas.

13/10/2017
O Estado brasileiro é claramente anti-indígena, afirma docente

Nos dias 18 e 19 de agosto, em Dourados (MS), professores universitários de várias Instituições de Ensino Superior (IES), sindicalizados das seções sindicais da base do ANDES-SN, concentraram esforços no estudo sobre a questão indígena no país, da legislação aos mecanismos de exploração e da opressão aos quais os povos tradicionais têm sido submetidos no Brasil. Nessa segunda etapa do Curso Nacional de Formação Política e Sindical, que teve como tema Indígenas, opressão pelo viés de classe na perspectiva revolucionária, a ADUA esteve representada pelo seu 2º vice-presidente, professor Welton Oda. O docente compartilha, nesta entrevista, suas impressões a respeito do curso e reflexões sobre o papel do movimento docente na construção de alternativas e no fortalecimento da luta indígena pela liberdade, respeito e dignidade.

12/10/2017
Censura cresce em tempos de intolerância e indica barbárie

O cancelamento da exposição Queermuseu – Cartografias da diferença na arte brasileira, no início de setembro, no Santander Cultural, em Porto Alegre, acendeu um amplo debate. Encampada principalmente por membros do Movimento Brasil Livre (MBL), a ação impregnada de intenções políticas foi justificada, em uma interpretação mal-intencionada, sobretudo pela presença de conteúdo pedófilo e zoofílico. O episódio é classificado por especialistas, ouvidos pelo Jornal da ADUA, como clara censura.

Av. General Rodrigo Otávio, 3000, Campus Universitário, Coroado.
CEP 69080-005 Manaus, AM. Fone/Fax (92) 3088-7009 / 3305-4103.
E-mail: aduasindicato@gmail.com [Ver Mapa de Localização]