Av. Octávio Hamilton Botelho Mourão, 6.200, Campus Universitário UFAM, Setor Sul, bairro Coroado 1. CEP 69080-900

Whatsapp +55 92  98138-2677


Viva Melhor


   


  23/08/2021


Inicia Semana Nacional de Luta contra Intervenção nas Ifes



 

Começou nesta segunda (23) a Semana Nacional de Luta contra a Intervenção nas Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes), realizada pelo ANDES-SN até 27 de agosto. Como parte da programação, acontecerão ações locais, organizadas pelas seções sindicais, tanto nas instituições que sofreram intervenção, como naquelas sem intervenção do governo federal.

 

Na terça-feira (24), o Sindicato Nacional realizará uma live, com transmissão pelo canal do sindicato, no YouTube, às 18h (horário de Brasília)para debater o impacto das intervenções nas Ifes, em ação conjunta com as demais entidades nacionais do setor da Educação, além de promover agitação nas redes sociais com a divulgação de material em defesa da autonomia universitária e contra os cortes na educação. 

 

 

A semana de mobilizações foi indicada na reunião conjunta dos setores das Ifes e das Estaduais e Municipais de Ensino (Iees/Imes) do ANDES-SN e aprovada no 11º e 12º Conads Extraordinários.

 

A Semana é mais uma atividade de resistência contra a tentativa de acabar com a democracia e a autonomia universitária no país, que desde o início do governo de Jair Bolsonaro teve mais de 25 instituições sob intervenção do presidente com nomeação de reitores (as) e vice-reitores (as), sem que estes tenham sido eleitos pela comunidade acadêmica.  

 

O membro da coordenação do Setor das Ifes do Sindicato Nacional, Mario Mariano, ressalta a importância das seções sindicais e as secretarias regionais organizarem atividades durante a semana. “As intervenções de Bolsonaro pretendem aprofundar o desmonte da educação pública e teremos a oportunidade nessa semana de nos fortalecermos para avançar na defesa de uma educação crítica na perspectiva de Universidades, Ifs e Cefets radicalmente democráticas o que significa avançarmos na pauta da garantia concreta da autonomia universitária”, afirma.

 

O Sindicato Nacional tem atuado junto à categoria docente na luta histórica em defesa de que as escolhas de dirigentes das universidades, institutos federais e Cefets iniciem e terminem dentro das instituições.

 

Em abril deste ano, o ANDES-SN lançou o dossiê “Militarização do governo Bolsonaro e intervenção nas Instituições Federais de Ensino”, composto por uma análise da militarização das escolas públicas e da intervenção do governo federal na escolha de dirigentes das Ifes, e com apontamentos para o enfrentamento desse cenário.

 

Três universidades ainda aguardam nomeações para suas respectivas reitorias, sendo as de Tocantins (UFT), Santa Maria (UFSM) e Goiás (UFG). Entre março e novembro de 2022, pelo menos 10 instituições federais de ensino terão os mandatos dos atuais reitores(as) vencidos, abrindo possibilidade de interferência de Bolsonaro na nomeação da reitoria das federais de Minas Gerais (UFMG), do Oeste do Pará (UFOPA), do ABC (UFABC), do Sudoeste da Bahia (UFSB), de Santa Catarina (UFSC), do Acre (UFAC), da Bahia (UFBA), do Amapá (Unifap) e Fluminense (UFF).

 

Fonte: Com informações do ANDES-SN.



Galeria de Fotos
 

 

COMENTÁRIO:


NOME:


E-MAIL:

 






energia solar manaus

Manaus/Amazonas
Av. Octávio Hamilton Botelho Mourão, 6.200, Campus Universitário UFAM, Setor Sul, bairro Coroado 1. CEP 69080-900

energia verde

CENTRAL DE ATENDIMENTO:

+55 92  98138-2677
aduasindicato@gmail.com

ADUA DIGITAL